"Se o preconceito é uma doença, a informação é a cura"

 

Este vídeo tem como objetivo abordar o estigma e discriminação sobre as pessoas vivendo com HIV. Apesar da epidemia estar entre nós há vários anos, nos quais ocorreram muitos avanços em matéria de tratamento e prevenção, o estigma ainda persiste.Ele foi produzido em parceria com a Agência Ogilvy e Mather, produtora BossaNovaFilms, produtora de som Lucha Libre e CRT- Centro de Referência e Treinamento.

Não Alimente o Rumor

 

Com o objetivo de combater estes preconceitos estereotipados, que levam muitas vezes a atos discriminatórios, a Câmara Municipal da Amadora decidiu lançar uma campanha Não Alimente o Rumor, cuja característica fundamental é a participação ativa dos cidadãos como “agentes anti rumores".

Viver com VIH/SIDA